Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Atualizações

por blogdocaixote, em 31.12.11

O natal passou-se pelo norte, depois fomos até Belmonte, onde nos deparámos com um serial killer de galinhas e onde o M., depois de andar a apregoar aos ventos que estava em baixo de forma e que não conseguia acompanhar-me numa corrida, me deu uma abada de se lhe tirar o chapéu. Só o apanhei quando o meu pai passou de carro vindo do café matinal e me deu boleia nos últimos 500m.

 

O serial killer de galinhas matou duas aos meus pais e uma ao vizinho da esquerda. Cada noite, aí vai uma, com requintes de crueldade, pescoços estraçalhados, sangue bebido, bocados arrancados, galinhas deixadas mortas-vivas, um festim.

 

Ainda tivemos tempo para assistir a uma cena de filme de segunda categoria: a garagem do vizinho da direito a arder, os vizinhos a tentar ajudar com baldes de água e mangueiras esticadas ao limite, outros sacando da garagem tudo o fosse inflamável, e entretanto, a vizinha que tinha dado o alarme gritava e esbracejava, enquanto corria de um lado para o outro, gritando e ululando: ai c'a minha vijinha fica sem caja, ai c'a minha vijinha morria aqui che não foche eu, ai coitada da vijinha!!

 

A M. corria e brincava e eu assistia, já com um certo pânico a assombrar à janela, com a Gr. no colo, quando me pedem para ligar aos bombeiros. Quando me perguntaram se sabia o que tinha iniciado o incêndio respondi aquilo que tinha ouvido: uma bomba (do aquecimento).

UMA BOMBA??!! responde-me o homem.

 

Escusado será dizer que tentei explicar que não, não tinha sido uma verdadeira bomba e me fui meter dentro de casa, com a miúdas, minding my own businness, como uma boa vizinha deve fazer, perdão, vijinha.

 

Entretanto já estamos de volta ao norte. Ontem, o M. deixou-me em Matosinhos, em casa de uma amiga, para lanchar com as gajas da faculdade e fomos aos movies: a carnificina, do Polanski. Recomendo.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:43

Bom natal

por blogdocaixote, em 24.12.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:48

...

por blogdocaixote, em 22.12.11

Aqui há uns posts atrás dizia eu que fodido não é o amor. Fodido é educar um filho. Mas, depois, pensando bem, é claro que é o amor que é fodido!

 

Educar é um ato de amor! Fodido como o caraças.

 

Como mãe, trago comigo uma quase constante sensação de erro e frustração. É um trabalho que só vai lá por tentativa e erro, desde o dia em os que levamos, ratinhos de dois quilos, para casa.

Se há momentos em que o cerébro consegue ativar várias hipóteses de atuação perante determinados comportamentos dos seres minorcas que nos desarrumam a casa, a alma e o coração, escolher uma e ter plena cosnciência dos possíveis resultados, outros momentos há em que se faz a primeira coisa que vem à cabeça e a seguir estamos nós a levar as mãos à cabeça, grande merda! que fui eu fazer?

 

Depois, com o segundo filho damos por nós a fazer coisas que nunca fizemos com o primeiro, porque sabemos que estão erradas, mas fazemo-las na mesma, porque estamos tão cansados que queremos é dormir e eu já estou a ver a Gr. dormir na nossa cama até aos sete ou oito anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56

Just breathe

por blogdocaixote, em 22.12.11

Há momentos do dia em que eu devia andar com os phones nos ouvidos, com esta música dos PJ em modo repeat. Just breathe, just breathe, just breathe...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:53

em preparativos para feirar

por blogdocaixote, em 22.12.11

Os preparativos para zarpar daqui e ir para o nuorte, carago! não me deixam tempo para vir aqui postar. Assim que chegar e estiver instalada passo por cá a deixar umas postas de pescada.

 

Aproveito só para dizer que enquanto fiz este texto a Gr. já ouviu os duetos improváveis da Optimus todos e continua a pedir pum pum pum. Eu não mereço! Se calhar sim....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:40

às vezes queria...

por blogdocaixote, em 20.12.11

Houvesse um sinal a conduzir-nos

E unicamente ao movimento de crescer nos guiasse....

 

Daniel Faria (Poesia, ed. Quasi)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:47

the days to come

por blogdocaixote, em 20.12.11

O pai anda a passar-se com a conversa da filha mais velha. Já há algum tempo que a Mr. diz que o D. (amigo da escola com quem sonhou) é o namorado dela.

O pai também já há alguns meses que a "ensinou" que se houver namorados é porque ela assim o decide, não é porque um puto chega ao pé dela e diz que são nomorados que a coisa acontece.

 

Ora, ontem, ela contou ao pai que tinha sonhado com o D. e que iam ter milhões de filhos. O pai quis saber quem é que tinha decidido que eles eram namorados.

Resposta da filha: foi na casa de banho, eu perguntei se ele era meu namorado e ele disse que sim.

Nesse preciso momento, o pai levava à boca o copo de vinho. Pois nesse preciso momento, engasgou-se e o vinho saiu-lhe até pelo nariz, estragando a bela da lasanha que tinha no prato

 

O pai está a passar-se cedo de mais, afinal a rapariga ainda só tem quatro anos. Demos-lhe mais sete ou oito e vamos ver como a coisa morde, a dobrar,! porque temos duas gajas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:09

sonhos

por blogdocaixote, em 19.12.11

- Sabes mãe, sonhei com a bela e o monstro. E eu era a bela.

- Sim? quem era o montro?

- Era o D. (amigo da escola). E sabes, casámos. E depois de casarmos eu tive muuiiitooos filhos.

- aaaahhhh.....

- mas o meu pai estava doente e eu tive de o ir ver. Tinha uma coisa no corpo e eu tive de abrir e tirar.

- Que coisa era essa, mr?

- era uma cenoura.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

pergunta ao nosso primeiro

por blogdocaixote, em 18.12.11

Parece que o nosso primeiro sugeriu aos professores no desemprego que abrissem os horizontes. Estou seriamente a equacionar a proposta.

Só não sei se vou sozinha e venho cá nas férias grandes..... ou se levo o marido, que já está efetivo, e as duas filhas, uma de vinte e um meses e a outra de quatro anos.

 

PTP! (que é como quem diz puta que o pariu)

Bardamerda! (ai esta boquinha suja)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51

obrigada, man on the moon

por blogdocaixote, em 18.12.11

Estou a ouvir o novo álbum de Feist. O facto de estar a ouvir um álbum lançado há tão pouco tempo é raro nos últimos tempos.

Para se ter a noção de como estou desatualizada, digamos que ainda ando a inteirar-me de ábuns antigos dos The National, enquanto arrumo a casa à sexta-feira.

De resto, são as musiquinhas do canal panda sacadas da net e rádios que passam a mesma música over and over again às horas em que lhes ponhos os ouvidos em cima.

Apesar de jamais conseguir acompanhar o ritmo do man on the moon, está a ser porreiro ter uma ideia do que vai saindo e a que soa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:13

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D