Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Vejo e leio tanta merda blogosfera fora que perco a vontade de pôr aqui os pézinhos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:56

  1. quanto pagam os alunos em colegios com contrato de associação - 1

Não pagam nada. As escolas com contrato de associação não cobram mensalidades aos seus alunos.

(O facto de arranjarem formas de fazerem os pais pagar por outras coisas é outra conversa)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

Não há-de ser nada

por blogdocaixote, em 30.05.16

Farás a matricula, como já fizeste a da Mr.

Comprarás o material necessário (já há lápis e canetas e réguas e afias e porta-lápis e tesouras e sei lá mais o quê que cheguem para o ano inteiro), nos próximos meses assegurarás a miúda de que "não, não é já para a próxima semana / dia / que vais para a escola nova" as vezes que forem necessárias, com calma e sem te zangares.

E, no dia marcado, irás com ela, como foste com a Mr.

A probabilidade de haver muitos choros matinais, acompanhados de diarreias e vómitos é muito maior, tal como a necessidade de gerir imensas frustrações, mas, já com a Mr. foi e continua a ser assim.

A Gr. tem maneiras diferentes de lidar com o que a vida lhe vai dando e tu só tens de ter muito mais calma. Já agora, Gabs, essa calma de que falo agora, também tens de a ter para a Mr., que tadita, leva com as tuas merdas em cima mais vezes do que merece, lembra-te disso mais vezes.

Será um ano letivo igual a todos os outros, vais ver.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:19

agir ou não agir, eis a questão

por blogdocaixote, em 27.05.16

Ontem à noite, a mais velha disse que se eu a deixasse ouvir aquele portento de composição musical que é o Agir (deve dizer-se agir ou ágir?) ela vestia-se sozinha e ia para a cama sozinha.

Era um sacrifício que valia a pena e eu acedi.

Tive então oportunidade de prestar atenção à letra de uma música que fala sobre maquilhagem.

Para além de ser uma bela poesia, como uma valiosa lição de vida, é também uma bela música. Tenho pena que ninguém tenha dito ao rapaz que não se pode dizer rímel, é máscara de pestanas, máscara de pestanas e que não se precisa mesmo de make up para ir para a cama, precisa-se, na realidade de a tirar antes de ir para a cama.  

Seja como for, em resultado, ando com essa merda de música na cabeça desde ontem à noite e é muito mau.

Honra seja dada ao Agir!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:02

Também posso escrever sobre aquilo dos contratos de associação?

Nos últimos vinte anos o estado financiou entidades privadas, principalmente na zona centro.

Durante estes anos, essas entidades privadas encheram o bolso de dinheiro à custa do estado e da exploração dos seus funcionários, docentes e não docentes. Encheram os bolsos porque nunca o estado se lembrou de fiscalizar a aplicação do dinheiro que saiu dos seus cofres.

Durante estes anos, roubaram alunos ao ensino público, publicitando ensino de qualidade e projetos pedagógicos mais interessantes, quando na realidade o que fazem é dar aos pais mais espaço de manobra para terem os filhos nas escolas durante o dia de trabalho, ocupados com atividades extra e grupos de apoio ao estudo, sempre às custas dos professores e funcionários.

Durante estes anos, os professores desses colégios foram aceitando as condições de trabalho que essas mesmas entidades oferecem sem nunca se oporem, trabalhando muito mais do que 40 horas semanais e ganhando cada vez menos.

Agora, que o estado decidiu atuar em parte do problema, devolver ao público os alunos que devem ser do público, os professores dos colégios são aqueles que, por nunca terem reclamado das situações em que trabalham, se irão lixar.

 

Quanto aos pais, não têm legitimidade para reclamar sobre direito de escolha se se partir do princípio de que somos todos a pagar. Eu também gostava de poder escolher outro médico de família, mas não posso. Tenho o direito de ir ao privado e pagar e esse direito ninguém me tira.

Espero que o governo não recue na decisão, apesar de ter um marido a trabalhar no setor em causa, espero que o governo não ceda às pressões da oposição, que tem na agenda privatizar todo o sistema escolar e já agora o da saúde também.

Quanto ao meu marido, quando as condições de trabalho que lhe ofereciam começaram a descambar, tomou uma posição: a de se bater pelos seus direitos e não permitir que lhe tirassem a dignidade. E eu tenho uma porrada de orgulho nessa postura, que só revela a espinha dorsal que o gajo possui.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17

do colégio (com contrato de associação), porque era das que mais recebia, dada a sua antiguidade (há que manter o lucro), está agora a ajudar o colégio a produzir faixas amarelas e a gritar pelo direito de escolha. Deve ser a síndrome de Estocolmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:24

ninguém me liga

por blogdocaixote, em 23.05.16

0

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54

quiz

por blogdocaixote, em 22.05.16

Aqui há uns tempos escrevi um post sobre as referências ou a falta delas e lembrei-me dele esta semana por esta razão:

2016-05-22 22.16.41.jpg

que acham que a Gr. vê na imagem?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:19

stôras malucas

por blogdocaixote, em 20.05.16

Risinhos, risinhos, risadas às escondidas, claro, de boquinha fechada, a fazer beicinhos uns, de bocarra escancarada outros.

Até olhei discretamente para o fecho das calças, para ter a certeza de que estava como devia estar, fechadinho que é assim que se quer, as meninas entreolhavam-se e riam-se de olhos baixos e eu, farta de não estar a assistir ao mesmo espetáculo, mandei um berro e exigi ser admitida.

 - "A stôra tem a camisola ao contrário." - diz uma mais corajosa. Os outros, à boleia, repetiram.  - "sim, tem a camisola do avesso."

Tenho nada! digo eu, olhando-me de alto abaixo e entoando mentalmente "não posso, não posso, nánánináná, ai foda-se, não posso!"

Realmente, a stôra tinha a camisola do avesso. Agora, já todos se riam, sem medo, contentes do suposto vexame a que se submetera esta stôra.

Esta stôra, não dando parte de fraca, tira a camisola, põe-na do lado certo e veste-a, ali mesmo, perante o olhar embasbacado da canalhada toda.

(esta stôra tinha uma camisola preta por baixo, que anda um bocado cansada e esquecida, mas ainda não endoidou de vez)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23

guiomarês

por blogdocaixote, em 18.05.16

"Estou a ser triturada!"

(trad. torturada)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:50

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D