Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


reduzir

por blogdocaixote, em 25.09.12

A única preocupação do nosso estado é tramar os trafulhas, impedir a vigarice.

Por isso é que, de acordo com a nova proposta de lei, os trabalhadores que estiverem de baixa por mais de um mês perdem o subsídio e as férias. Como se TODA a gente que mete baixa mais de um mês fosse um caloeteiro, preguiçoso que quer ficar em casa na cama, em vez de contribuir para o aumento do PIB.

Quem mete baixa por mais de um mês, de acordo com a minha experiência, terá um problema de saúde grave. Para o estado não. Como se  não bastasse estar gravemente doente, ainda terá de ir trabalhar na mesma ou ficar sem receber.

É mais uma daquelas medidas feitas a retalho, desenquadradas, com o objetivo único de reduzir as despesas, reduzindo as pessoas a merda.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:45


2 comentários

Imagem de perfil

marta-omeucanto a 26.09.2012

De facto, há medidas que mais valia nem serem sequer pensadas. Se é certo que muitas pessoas se aproveitam da baixa sem estarem doentes para não irem trabalhar (e confesso que tem momentos em que não me importava de fazer o mesmo!), também é verdade que outras tantas estão realmente doentes e não podem trabalhar. O que se pretende com esta medida é dizer aos trabalhadores que, ou têm uma doença rápida, ou são penalizados pelo facto de não se terem curado em um mês.
Pena é que não comecem a testar essa, e outras medidas que bastante falta faziam, entre os governantes...
Imagem de perfil

blogdocaixote a 26.09.2012

Os governantes não são afectados por nenhumas das medidas que deixam promulgar. Estão num "departamento" à parte e quando acabam o mandato, mantêm esse estatuto, com reformas espatafúrdias e cargos fantasma em altas empresas privadas, com interesses no estado. É lindo.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D