Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


aplicações

por blogdocaixote, em 19.07.16

Tem de haver sempre qualquer coisa a tirar os olhos das pessoas das coisas e a pô-los no ecran, como se a vida fosse ali e não é. Tem de haver sempre qualquer coisa a virar as preocupações das pessoas para o que está lá, no ecran, mas o mais importante não está lá. Está na rua, nos olhos das pessoas, nas mãos, nas caras que se podem tocar.

Deviam ser proibidas todas as aplicações que nos roubam uns dos outros.

Ou então, devíamos já ser mais evoluídos do que isto.

Alguém me explique para que serve o pokemon go.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:53


17 comentários

Imagem de perfil

green.eyes a 19.07.2016

Acho que serve para entreter gente sem nada que fazer ...
Imagem de perfil

blogdocaixote a 19.07.2016

Há muita gente sem nada de interessante para fazer.
Imagem de perfil

Rute Justino a 19.07.2016

Obrigada por este post 😀
Tenho a mesma dúvida
Imagem de perfil

blogdocaixote a 21.07.2016

:D de nada. Ficaste pouco esclarecida.
Sem imagem de perfil

Dadinha a 19.07.2016

Não deve servir para nada!!
Imagem de perfil

blogdocaixote a 21.07.2016

Diz que se fazem amigos. :P
Sem imagem de perfil

Catarina a 21.07.2016

É só um jogo, maltinha :)
Imagem de perfil

blogdocaixote a 21.07.2016

Hoje um pai lá da escola da Gr. chegou em estado de choque. Ia atropelando um miúdo, que sem meteu na estrada para apanhar um pokemon.
Sem imagem de perfil

Catarina a 21.07.2016

hahah Há sempre gente que abusa :P
Sem imagem de perfil

Catarina a 23.07.2016

Não tenho a app, nunca joguei :)
Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 31.07.2016

It is true. As apps e jogos nos telemóveis prejudicam bastante a convivência pessoal e social dos utilizadores. As pessoas tornam-se mais isoladas e viciadas.
Imagem de perfil

blogdocaixote a 01.08.2016

Já li por aí que entretanto algumas pessoas começaram a fazer exercício ou a conviver com outras enquanto apanhavam os pokemons.
Sem imagem de perfil

Lis a 01.08.2016

Pois eu assisti a uma que me deixou sem palavra. Chego a uma praça, vários miúdos de skate no pé e telemóvel na mão. Ninguém fazia skate, apanhavam os "mones go" (assim lhes chamo eu). Continuo caminho e eis que vejo uma avalanche de gente a correr em direcção à praça. Eram dezenas de pessoas de telemóvel na mão e alguns a correr, como se fossem apanhar o metro ou coisa que o valha! Tudo louco.
Imagem de perfil

blogdocaixote a 01.08.2016

Na terrinha onde a minha mãe vai à missa, o padre incluiu na homilia (não sei a que propósito) a estória do senhor que lhe foi bater à porta para que lhe abrissem a porta da torre da igreja. Havia lá poquemons para apanhar.
Sem imagem de perfil

Lis a 02.08.2016

AHHHAHAH Essa é divina! ;-)
Sem imagem de perfil

Lis a 02.08.2016

AHHHAHAH Essa é divinal! ;-)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D