Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Bugout (piolhos)

por blogdocaixote, em 06.07.19

Ontem, fui à Bugout, em Carnaxide.

Antes de decidir a que serviço recorrer investiguei o que faziam, como faziam, que preços praticavam e procurei referências. Não queria estar a pagar umas centenas de euros para nada. Só quem passa pela experiência de não conseguir acabar com uma infestação de piolhos compreende o grau de frustração e, no meu caso, desespero que se sente.

Porquê a Bugout? Porque, ao longo destes três anos percebi que o problema não são os piolhos, são as lendêas, que se colam ao fio de cabelo e só saem percorrendo aquele fio de cabelo com o pente de aço ou, por vezes, com as unhas. Logo, os serviços que oferecem a aspiração do cabelo colocam-me dúvidas.

A Bugout, usando as mãozinhas, percorre o cabelo quase fio a fio, detetando piolhos nos seus graus de crescimento e as lêndeas. Cinco a sete dias depois faz um seguimento para garantir que não ficou nada deixado para trás. Este seguimento é grátis, faz parte do pacote de tratamento.

Estivemos lá a tarde toda, porque ao contrário do que eu pensava, ambas as minhas filhas eram portadoras dos ditos (eu já nem a palavra consigo escrever).

A Solange tratou as cabeças de ambas e verificou se as nossas (pai e mãe) estavam limpas. Eu tenho andado estes anos todos com cuidado: cabelo preso, usando os mesmos tratamentos, passando o pente... mas elas dormem comigo, andam sempre em cima de mim... portanto eu estava cheia de miaufa... miraculosamente, a minha cabeça está limpa. 

O que aprendi: assumir que toda a gente tem piolhos e andar na rua ou nas situações em que houver contacto com pessoas sempre com cabelo preso num coque.

Todas (MAS MESMO TODAS) as semanas, à sexta-feira, passar o pente para verificar que a cabeça está limpa e começar logo a tratar uma possível infestação. 

A seguir a um tratamento, colocar os elásticos e escovas e ganchos num saquinho dentro da arca frigorífica, de um dia para outro.

Comprar um frasquinho de óleo essencial de hortelã pimenta e misturar 3 a 4 gotas em 200ml de água. Usar esta mistura para pulverizar o cabelo antes de fazer o coque. A hortelã é mais agradável ao cheiro do que o óleo de árvore do chá e funciona (dizem os estudos) melhor.

Depois de lavar o cabelo, secá-lo. O cabelo húmido fornece um habitat maravilhoso para a procriação (eu raramente seco o meu cabelo ou o das miúdas, mas vou passar a fazê-lo).

Mas o mais importante, de facto, é a prevenção. Todas as semanas verificar as cabeças. Não há tratamentos nem liquídos miraculosos que impeçam ou matem os gajos a 100%. Não há. 

Na quarta, as miúdas vão ao seguimento e nessa altura escreverei mais.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:23


2 comentários

Imagem de perfil

omeumaiorsonho a 07.07.2019

É sempre bom termos conhecimento dessas clínicas!
Aqui na zona só temos em Espanha!
Imagem de perfil

blogdocaixote a 25.07.2019

Aqui também não há nada...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D