Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Notas

por blogdocaixote, em 27.11.21

A mais velha conseguiu a proeza de ficar em isolamento provisório duas vezes no mesmo mês,  uma vez à conta dela, desta vez à conta de um caso positivo na turma. 

O pai esteve em casa quatro dias, à conta dele e de uma rinite marada que lhe deu metade dos sintomas do covid

Eu e a Guiomar vamo-nos safando, pelos pingos da chuva.

Estamos, a partir da próxima semana, em estado de calamidade. Vamos ver o que os próximos dias nos trazem para além do expectável. 

Beijinhos a todos. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:23

no mundo covidiano

por blogdocaixote, em 20.10.21

Dor de garganta, dor de cabeça, nariz entupido e muito lenço espalhado pela casa. Tosse, tosse.

Ao fim de quatro dias, os dois últimos marcados pela tosse, liga-se para a Saúde24, só naquela, por descargo de consciência, que isto não passa de uma constipação, fruto deste tempo marado.

Saúde24 manda ficar em casa (ontem) e, nos minutos seguintes, envia declaração de isolamento provisório e "receita" para teste covid. 

Nós abananados, ficámos com uma filha em isolamento provisório. 

 - Mas... mas... que foi isto?

Entretanto, há que salientar a forma eficaz como tudo se sucedeu.

O teste fez-se hoje de manhã, o resultado, negativo, já chegou e agora aguardamos o contacto para liberação. 

Foi a nossa primeira experiência covidiana. Não venham mais, está bem?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:32

Notas soltas

por blogdocaixote, em 27.06.21

Duas vacinas (as que explodem coágulos).

Um teste (o primeiro até agora), com resultado negativo (mau era!).

Uma  filha de férias, em estado histérico. A outra ainda a frequentar a escola, num outro tipo de histeria.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16

podemos?

por blogdocaixote, em 22.06.21

Podemos apagar do dicionário surto, vaga, testagem?

Podemos cingir-nos ao plano nacional de saúde e às vacinas que tomamos há anos, sem medo de coágulos?

Podemos respirar o mesmo ar sem medo e tocar nas mesmas coisas?

Podemos?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12

uma piadita

por blogdocaixote, em 30.04.21

Tenho uma piada (piadita) em relação a esta fase da pandemia.... ao descofinamento...

cá vai: espero que não seja ejaculação precoce....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:48

Como?

por blogdocaixote, em 29.04.21

Fala-se no desconfinamento, mas com um colega internado em estado grave, com turmas em casa, com a pré-primária fechada... como pensar, como falar em desconfinar?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:20

para memória futura

por blogdocaixote, em 16.04.21

Conta, Gabs, como têm sido os vossos dias, nestes tempos covidianos.

Não há muito que contar. Vamos trabalhar, voltamos para casa, vamos ao supermercado, onde gastamos o ordenado, nisso e em gasóleo, afinal, andamos sempre de um lado para o outro, numa de ir levar e buscar filhas, para além das viagens para o intestino delgado e seus (interstícios) de judas.

Esperamos que o descofinamento prossiga, sempre à espera que retroceda, à medida que os casos de covid voltam a aumentar e mantemo-nos por casa, execto nos fins de semana, ao domingo à tarde, quando vamos meter umas bolas nos cestos de basquete do novo espaço da vila.

As miúdas crescem, não gostam de comer nada do que vai à mesa à hora de almoço e jantar, mas entretanto comem tudo o que houver à vista (bolachas, pão, queijo, fiambre, cenouras, maçãs, ovos de chocolate que andam perdidos mas elas encontram, frutos secos). Crescem e a roupa deixa de servir porque não cabe ou porque não gostam (não gostam de nada, agora, pôrra!)

Entretanto, à conta desta constante expetativa do abre, não abre, podemos sair, não podemos sair, ainda não marquei cabeleireiro para nenhuma delas. E o cabelo delas bem precisa. Não compro roupa, nem online porque não acerto nos tamanhos, nem presencialmente que ainda se mantém tudo fechado.

Não é tudo uma merda, é verdade, mas lá que estamos cansados, estamos. Essencialmente porque não vemos um fim à vista e quando não vemos o fim à vista a modos que vamos perdendo esperança. 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:04

vacina (parte 2) - para memória futura

por blogdocaixote, em 29.03.21

Então, foi bom tomar a vacina?

Tão bom como ser atropelada por um camião ou como apanhar uma tareia de um louco furioso.

O fim de semana foi doloroso. No sábado à tarde começou a moleza e uma certa dor de cabeça, à noite dores no corpo todo, mais dores de cabeça, que se prolongaram pelo domingo. Muita fadiga.

Hoje, segunda-feira à tarde, ainda sinto dores de cabeça e dores nas costas. Maravilha! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

vacina

por blogdocaixote, em 29.03.21

Estava tão focada nos efeitos marados da vacina, naqueles que incluem a morte, que só quando a Lis disse que ia também ser vacinada brevemente e que até parecia mentira é que parei para pensar no significado de ter tomado a primeira dose. 

Tomei a primeira dose de um vacina que me vai tornar mais ou menos imune (setenta e tal por cento, segundo estudos americanos) ao vírus que vem parando o mundo desde finais de 2019.

Em junho, quando tomar a segunda dose, poderei deixar o medo de infetar alguém um bocado de lado, o medo de ser infetada também. Fixe, fixe é que toda a gente fosse entretanto também vacinada.

Que o ato de sair à rua voltasse um bocado ao normal, pré 2020, aquele sair à rua despreocupado, aquele estar próximo despreocupado, aquele abraço despreocupado, aquele sentar numa mesa livre de "deixa-me desinfetar isto antes".

Isso é que era fixe! 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:15

para memória futura

por blogdocaixote, em 26.03.21

Amanhã levo a primeira dose de vacina para o SARS-CoV, da AstraZeneca.  (versão editada, achava eu que era da Pfizer, era o meu subsconsciente a brincar comigo)

Que sera sera

whatever will be will be

the future is not ours to see

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:53


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D