Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

  1. blogdocaixote - 11
  2. exterminar piolhos - 8
  3. blogdocaixote - 7
  4. bagaço amarelo - 3
  5. Bugout (piolhos) - 1
  6. exterminar piolhos, parte 2 - 1
  7. alimentar o bicho - 1
  8. exterminar piolhos, parte novecentos e vinte - 1
  9. piolhos - 1
  10. Termos de Pesquisa (ontem: 05/11/2018) PIOLHOS - 1
  11. posto de combate ao piolho - 1
  12. Piolhos! assumo: preciso de ajuda especializada! - 1
  13. repelente - 1

As páginas mais visitadas deste blog mostram-me todos os dias aquilo que eu venho dizendo: os piolhos são uma praga cada vez mais resistente. Escolas e pais não estão a dar-lhe a importância devida. Os produtos farmcêuticos não fazem efeito e estão a criar piolhos cada vez mais resistentes. Só a prevenção é o melhor remédio. Se soubessem o que sinto de cada vez que vejo as miúdas todas, mesmo aquelas que eu sei que já tiveram piolhos, chegarem à escola, todos os dias, de cabelinho solto...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:03

exterminar piolhos, parte novecentos e vinte

por blogdocaixote, em 29.10.19

No verão fomos a uma clínica especializada na desinfestação de piolhos, a Bugout.

Temos seguido as recomendações e, até ver, as miúdas mantém-se livres de bichos.

Relembro o que nos aconselharam:

cabelo preso num coque, sempre, sempre;

revisão semanal, sempre, sempre;

uso de um spray repelente, feito à base de óleo essencial de árvore do chá ou hortelã e água.

E vão três meses e meio sem nada nas cabeças, não literalmente, claro!  :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:00

Bugout (piolhos)

por blogdocaixote, em 06.07.19

Ontem, fui à Bugout, em Carnaxide.

Antes de decidir a que serviço recorrer investiguei o que faziam, como faziam, que preços praticavam e procurei referências. Não queria estar a pagar umas centenas de euros para nada. Só quem passa pela experiência de não conseguir acabar com uma infestação de piolhos compreende o grau de frustração e, no meu caso, desespero que se sente.

Porquê a Bugout? Porque, ao longo destes três anos percebi que o problema não são os piolhos, são as lendêas, que se colam ao fio de cabelo e só saem percorrendo aquele fio de cabelo com o pente de aço ou, por vezes, com as unhas. Logo, os serviços que oferecem a aspiração do cabelo colocam-me dúvidas.

A Bugout, usando as mãozinhas, percorre o cabelo quase fio a fio, detetando piolhos nos seus graus de crescimento e as lêndeas. Cinco a sete dias depois faz um seguimento para garantir que não ficou nada deixado para trás. Este seguimento é grátis, faz parte do pacote de tratamento.

Estivemos lá a tarde toda, porque ao contrário do que eu pensava, ambas as minhas filhas eram portadoras dos ditos (eu já nem a palavra consigo escrever).

A Solange tratou as cabeças de ambas e verificou se as nossas (pai e mãe) estavam limpas. Eu tenho andado estes anos todos com cuidado: cabelo preso, usando os mesmos tratamentos, passando o pente... mas elas dormem comigo, andam sempre em cima de mim... portanto eu estava cheia de miaufa... miraculosamente, a minha cabeça está limpa. 

O que aprendi: assumir que toda a gente tem piolhos e andar na rua ou nas situações em que houver contacto com pessoas sempre com cabelo preso num coque.

Todas (MAS MESMO TODAS) as semanas, à sexta-feira, passar o pente para verificar que a cabeça está limpa e começar logo a tratar uma possível infestação. 

A seguir a um tratamento, colocar os elásticos e escovas e ganchos num saquinho dentro da arca frigorífica, de um dia para outro.

Comprar um frasquinho de óleo essencial de hortelã pimenta e misturar 3 a 4 gotas em 200ml de água. Usar esta mistura para pulverizar o cabelo antes de fazer o coque. A hortelã é mais agradável ao cheiro do que o óleo de árvore do chá e funciona (dizem os estudos) melhor.

Depois de lavar o cabelo, secá-lo. O cabelo húmido fornece um habitat maravilhoso para a procriação (eu raramente seco o meu cabelo ou o das miúdas, mas vou passar a fazê-lo).

Mas o mais importante, de facto, é a prevenção. Todas as semanas verificar as cabeças. Não há tratamentos nem liquídos miraculosos que impeçam ou matem os gajos a 100%. Não há. 

Na quarta, as miúdas vão ao seguimento e nessa altura escreverei mais.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:23

Piolhos! assumo: preciso de ajuda especializada!

por blogdocaixote, em 18.06.19

A kirby? aquele aspirador que custa tanto como um carro? Já alguém experimentou no combate ao piolho?

Fora de brincadeiras, alguém conhece os serviços das clínicas especializadas na erradicação do piolho que existem em Lisboa? Kids and nits, Centros AMG piolhos, Kids hair clinic...por exemplo. 

Preciso de conhecer opiniões antes de me deslocar à capital. 

Estou quase, quase a rapar-lhe o cabelo à maquina -1. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:11

posto de combate ao piolho

por blogdocaixote, em 17.06.19

Boa tarde, posto de combate aos piolhos. Em que posso ajudar?

Boa tarde. Preciso de ajuda. A minha filha tem piolhos, sempre... começo a achar que eles nascem lá, por geração espontânea. Estou desesperada!

Obrigada por entrar em contacto connosco. Como sabe, para efeitos de controle de qualidade e para sua segurança podemos gravar esta chamada. Está de acordo?

Sim, sim. Grave lá a chamada. Quero lá saber, tanto se me deu como se me dá. Ajude-me, por favor. Como é que me livro dos piolhos?

Muito obrigada, esta chamada vai então ser gravada. Estou a falar com quem?

Cândida, Cândida do Reis.

Senhora Cândida dos Reis, muito bem, boa tarde.

.......

.......

Boa tarde! Pronto, boa tarde, e agora? Já me pode ajudar?

Diga-me, dona Cândida, já experimentou mnunhnhinix?

Já, já experimentei mnunhnhinix, hyuyronix, stopnix, nixstop, neonix, pararaio, paraoraioqueoparta, eu já experimentei tudo!

Já usou o repelente bgdfdgnix?

Oh caramba! já usei esse, já usei o óleo da árvore do café e do chá, já usei vinagre de vinho branco, tinto, vinagre balsâmico, lixívia e frontline! Os filhos de uma grande piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii vai não volta atacam! Começo a pensar que eles se enterram no couro cabeludo quando os produtos atacam e voltam quando lhes cheira que estão a salvo, de mês a mês.

Olhe, pois não sei. E pintar-lhe o cabelo? ou fazer-lhe um alisamento progressivo com escova japonesa? Deve esturricar a piolhada toda! Experimentedepoisdigacomocorreu.Obrigadapelasua chamadaeatàpróxima.

tutututututuuuuuuuu

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:20

exterminar piolhos, parte 2

por blogdocaixote, em 19.01.19

Este ano, o meu contacto com os parasitas capilares é diário.

Eu olho para as cabecitas dos miúdos e vejo tudo infestado de lendêas. Vou começar a usar uma touca de banho e um gorro na cabeça nas aulas.

A mais velha, por sua vez, tem trazido para casa uma dose de dois em dois meses.

Meus amigos: os produtos não são 100% eficazes. Entre o primeiro e o segundo tratamento (cerca de uma semana, dez dias), é preciso passar-lhes o pente metálico TODOS os dias, para verificar se ainda há piolhos e tirar o máximo de lêndas possível. 

Liguem-se ipads, canais pandas e cartoons networks o que for preciso, mandem vir pizzas, porque o tempo que medeia entre a chegada a casa e a ida para a cama será para passar cabelos a pente fino. 

E tenham sempre em casa algum champô ou loção, para não perder tempo a ir à farmácia.

Parece-me que as escolas não estão a levar a sério o problema. Os miúdos que têm piolhos deviam ser impedidos de ir à escola! A ver se a malta não começava logo a fazer os tratamentos certinhos!! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:38

Termos de Pesquisa (ontem: 05/11/2018) PIOLHOS

por blogdocaixote, em 06.11.18
  1. pente mata piolhos electronico - 1
  2. é normal ter sempre piolhos - 1

 

Nesta "casa", os textos dedicados à pediculose são diariamente os best sellers.

O fenómeno deixa-me satisfeita, porque é sinal de que não é só nesta casa, agora sem aspas, que os piolhos são uma constante. 

Não é normal ter sempre piolhos, mas parece comum nos tempos que correm, em muitas cabeças de pequenos e graúdos. 

Basta ficar uma (desculpem lá o palavreado grosso e feio) cabra de uma lênda escondidinha num fiozinho de cabelo para o cabelo estar sempre em festa.

Os piolhos cá em casa deviam pagar IMI.

Também corre o boato de que têm anúncios, no AirBnB, da cabeça da mais velha.

São poucos os períodos em que a "casa" está livre. Deve ter uma boa cotação no mercado imobiliário dos piolhos.

 

 Brincadeiras de lado agora, ando sempre com os meus nervos à flor da pele à conta da pediculose e cheguei a duas conclusões:

primeira - as limpezas periódicas que faço para matar e erradicar os (desculpem mais uma vez o palavreado feio) cabrões são mal feitas!

segunda - os cabrões já ganharam resistência ao paranix, porque não morrem com duas aplicações.

Portanto, não se fiem nos supostos 100% de eficácia garantida e verifiquem a cabeça de toda a gente TODOS os dias até não haver nem uma lendêa. Neste departamento, o sinalizador da Paranix é um aliado. Tinge-as de vermelho e vêmo-las mais facilmente.

Assim se percebe que haja cabeças que, aparentemente, estão SEMPRE cheias de piolhos. Poucas são as famílias que dispõem do tempo e disponibilidade para verificar intensa e extensivamente, as cabeças lá de casa todos os dias. Se a isto juntarmos a necessidade de mudar lençóis e almofadas e toalhas até a praga desaparecer... 

A minha teoria é que se não houvesse telemóveis nas escolas, os piolhos tinham menos hipóteses de andar a passear de cabeça em cabeça. Pensem nisso e tirem os telemóveis aos vossos filhos.

A cabeça das minhas filhas agradece e a minha carteira também. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:38

piolhos a bombar

por blogdocaixote, em 19.12.17

Os piolhos andam aí a bombar. Como é que sei? só ontem vieram cá 18 pessoas à procura da solução.

Também sei porque cá em casa a mais velha apareceu com lêndeas que, não entendo porquê, não sobreviveram para procriar e infestar. Pode ter sido de o pai lhe ter enchido a cabeça de óleo de argão para hidratar o couro cabeludo, que sofria de alguma escamação. Se assim for, mais um remédio no combate ao bichedo: untar bem a cabeça (não a meter na actifry a seguir).

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:22

piolhos

por blogdocaixote, em 24.01.17

Com frequência, derivado da caspa, acho que tenho piolhos e peço ao M. para me examinar a cabeça (aí umas duas vezes por dia semana).

Hoje, o tipo diz-me que não tenho nada na cabeça! Assim, sem rodeios! Não é coisa que se diga à mulher com que se casou, pá! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:28

repelente

por blogdocaixote, em 13.12.16

A minha teoria é que os repelentes de piolhos funcionam na medida em que repelem as pessoas, logo os piolhos não têm como passar de cabeça para cabeça.

As minhas filhas têm ido para a escola com repelente no cabelo, no carro fica um cheirinho a repelente, as suas cabeças exalam o cheiro a repelente, eu própria me sinto repelida... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:13


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D