Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

só relamboriar

por blogdocaixote, em 04.06.22

Faz saltar a barriga e usa-a para empurrar. faz conta que não se passa nada

faz piadas com o nome que aquela escola católica deu ao secretariado de exames (Sex) 

dá para fazer muitas piadas

imagina que na tua escola resolvem atribuir o mesmo nome ao ditocujo e todas as piadas que podes fazer junto dos teus colegas, alguns professores das tua filhas

então, hoje foi Sex o dia todo? o Sex dá uma trabalheira, não dá? o Sex da escola não está a funcionar bem, quem está no Sex este ano? e por aí adiante

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:23

bois will be bois

por blogdocaixote, em 11.05.22

As doenças sexualmente transmissíveis são assim chamadas - transmissíveis - porque passam, única e exclusivamente, entre as mulheres. Não há homem que as tenha e que, por via de as ter, as passe às mulheres.

As gravidezes, já agora, são também da responsabilidade exclusiva da mulher, que circula pela vida a recolher esperma alheio, à revelia do macho.

Senhor Doutor médico de família, ensine as suas doentes a controlarem os ímpetos sexuais e a não angravidarem. Ou então, deixe-se lá disso de permitir IVGs só porque a paciente "pede". Continue também a não solicitar exames de diagnóstico de problemas provocados por relações sexuais desprotegidas. Assim, as possíveis doenças sexualmente transmissíveis não aparecem nas suas fichas, a sua reputação (do sr. dr.) não é manchada.

Em relação aos seus doentes machos, deixe-os lá andar livres e soltos. Afinal isto das consultas de planeamento familiar é só para mulheres. Os homens não planeiam nada, a gente já sabe. Boys will be boys, não é?  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:54

toma lá um relambório à moda antiga

por blogdocaixote, em 22.11.20

Todos os dias acho que tenho covid, lá vou eu medir a temperatura, afinal nunca passa dos 36,5.

Todos os dias me sinto um nadinha mal, ora é a garganta, ora é a coluna ou as artroses dos dedos das mãos,

este mês até o senhor período achou por bem aparecer uns valentes dias mais tarde, para dar um ar da sua desgraça, o que me levou a fazer xixi para um pauzinho, assim como quem não quer a coisa, só para despistar e ter a certeza de que podia continuar a beber o meu copo ao jantar.

os putos (alguns) andam mais amorosos que o costume e esta semana que passou encheram-me de prendas (desenhos e recortes).

Ainda não pensei em prendas de natal, em calendários, em nada que diga respeito à época, finjo tão bem não ver as decorações e iluminações que não as vejo mesmo, embora tenha achado muita piada ao facto de terem posto uma máscara no focinho da ovelha que aquece o menino, no presépio da terrinha. só a ovelha merece máscara, os outros bem que podem andar aí a espalhar o vírus. Não sei que mensagem é que isto passa à população, que entretanto anda louca com as bleque fraideis que estão aí a chegar. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:45

Eu podia dizer que não tenho tempo para me coçar, mas era mentira, porque tenho, e uso-o para fazer isso, coçar-me ou ir arrumar as almofadas dos sofás pela milésima vez ou apanhar a roupa que secou e arrumar a cozinha do lanche que daqui a pouco são horas de jantar.

Passo os dias sentada ao computador, com um olho no #estudaemcasa, outro na mais nova e um terceiro que vamos fazer de conta que existe (não o do c*) e vou ver a mais velha que montou a escola no quarto e emerge para brincar um bocadinho ou meter comida na boca. Passo os dias a responder a mails e a ver fotos manhosas de páginas dos manuais (que não pedi, mas já que os pais se disponibilizaram a fazer eu não consigo ignorar), a contabilizar quem está a dar notícias e quem não está, para enviar mais mails para responder depois.

Nos intervalos dos mails tenho ideias para apresentar a matéria aos miúdos em modo à distância, mas depois descubro que não consigo fazê-lo porque não domino as ferramentas necessárias para o fazer. E quando descubro quais são e tento descobrir como usá-las o meu computador entra em modo arrastadeira e não saio do sítio. E o pior é à noite: passo-a toda a "explorar" a dita aplicação, o cérebro não desliga e acordo ainda mais cansada.

Ponto giro destas semanas que foram as primeiras do ensino à distância em modo oficial (porque na verdade estamos assim desde 16 de março): falar com os putos nos meetings desta internet fora. Depois de umas quantas sessões online já dominam netiquette e portam-se muito bem. Ontem quase me vinham as lágrimas aos olhos ao ver uma turma espalhada pelo éran, todos de micros desligados à espera. E quando lhes dei ordem de soltura e eles puderam falar uns com os outros! A loucura.   

E ontem à tardinha, os nossos coordenadores foram aos grupos de trabalho do whatsapp dar uma de relações públicas, foram agradecer o empenho e blá blá blá de todos, desejando um bom fim de semana de descanso, que é merecido. Descanso? onde? Se às oito da manhã já eu estou na cozinha a pensar no trabalho que ainda me falta fazer para pôr a próxima semana de aulas a andar?

Se passei a noite toda a explorar o flipgrid a a tentar fazer screencasting com o sreencastify? 

(não sabem o que é? estudassem!)

Hoje é 25 de Abril. Daqui a pouco ponho a Grândola a tocar, choro mais um bocadinho e logo à tarde furo o confinamento para ir dar uma volta com duas pessoas que não são do meu agregado familiar. Não hei-de apanhar covid e os putos hão-de agradecer não ter trabalho de inglês, se for caso disso. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:36

Relambório

por blogdocaixote, em 29.02.20

Diz que a peça é para estrear hoje. Tenho tudo pronto exceto o texto na minha cabeça. O ensaio geral foi a cagada do costume. Serviu para chorar a rir, valha-nos isso, com toda a cagada que conseguimos fazer. Odeio escrever no telemóvel, não vejo bem o que estou a fazer, se houver erros a culpa é dele. As miúdas estão bem, obrigada. Estou no Porto, mesmo ao pé do estádio do dragão. Só logo à tarde é que tenho de ir para o local do espetáculo. Os sapatos que tenho de usar são uma tortura, acho que vou ficar corcunda à conta deles, já para não falar que não ajudam a criar a postura de freira drogada que era suposto ter. Olha, que se lixe. Seja o que for. Merda para logo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17

ai as novas tecnologias, as novas tecnologias

por blogdocaixote, em 06.12.18

Como se não fossem suficientes as ferramentas que eles têm ao seu dispor para se magoarem, triturarem, torturarem e manipularem uns aos outros, ainda lhes damos telemóveis onde criam grupos de whatsapp, onde se incluem uns aos outros e excluem de forma aleatória ou com base nos seus preconceitos e ignorâncias típicas da idade, criando traumas pessoais e sociais cuja fatura nós, pais, vamos ter de pagar, mais tarde ou mais cedo.

Em psicólogos ou em mais culpa para carregar.

 

 

 

 

Tirem-lhes os telemóveis, pôrra!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:43

o milagre de falar

por blogdocaixote, em 04.12.18

Ontem, vinha a ouvir uma entrevista à Nelida Piñon e ela disse uma cena extraordinária, ou melhor, recordou uma coisa extraordinária que a mãe lhe tinha dito aos sete anos de idade: que ela, a miúda Nélida, era um ser muito inteligente, mas que não sabia falar. A miúda Nélida ficou a pensar naquilo, sem compreender exatamente o que a mãe queria dizer.

Então, a mãe explicou-lhe que o ato de falar era um milagre e que ela, a miúda, deveria lembrar-se disso de todas as vezes que quisesse fazer uso da capacidade de falar. Que falar sem ter a certeza de que se é compreendido é não saber fazer uso do milagre de usar a palavra. 

E eu fiquei a pensar nisso. Porque não sei se alguma vez terei dito ou sequer se terei a sabedoria de dizer algo tão simples e tão verdadeiro a qualquer uma das minhas filhas. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:06

relambório sobre óscares

por blogdocaixote, em 29.02.16

Não vi os óscares, não vi nenhum filme nomeado (ahahaha, nem nomeado, nem por nomear, não vi mesmo nenhum filme!) e estou-me a cagar para os vestidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

relambório

por blogdocaixote, em 26.02.16

We drank a whole bottle of wine.

God knows where it will take us. The fact I'm writing in English is some how proof of what alcohol can do to you on a Friday evening.

Alcohol and chilli.

And a Friday evening.

And the will to revive lost feelings.

Either that or finish harry potter and the deathly hallows...

who knows.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:41

telha

por blogdocaixote, em 14.10.15

Telha de fim de tarde. Eu.

Se pudesse, se fosse mais miúda (de idade, que de tamanho eu sou) estava neste momento aos pontapés a uma parede.

Bons os tempos em que fazia body combat. Tanta porrada imaginária que dava (toma, seu cabrão que não me deste passagem à saída do estacionamento, toma cabra que me passaste à frente na fila do supermercado...)

Telha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:25


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D