Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

para memória futura - são Martinho 2022

por blogdocaixote, em 11.11.22

Cheguei lá, com a barriga meia cheia, meia vazia. Eram quase onze da manhã, tinha engolido meio pão com manteiga e um café no "calhau". Tinha comentado com a colega que não sabia se ia ter castanhas porque me cheirava que iam fazer o magusto de tarde.

Cheguei lá, dizia, e cheirava a castanha assada. Ainda bem que no calhau me deixei ficar pela meia carcaça, porque me empaturrei de castanha assada na brasa, seguidas de morcela de arroz e broa. Isto tudo entre as onze e o meio-dia. Aula dada por esta teacher não houve, que os deixei apreciar as castanhas e o sol maravilhoso que nos batia na cara em jeito de palmadinhas serenas. No fim, não queriam deixar-me vir embora. Ralho, ralho e posso, às vezes, ser um bocado besta, mas depois os putos até gostam de mim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:53

biblioteca escolar

por blogdocaixote, em 24.10.22

A biblioteca do "meu" agrupamento é muito boa, bem melhor do que a municipal. Desde que sou professora bibliotecária (ie tenho de dar horas à escola na biblioteca), já trouxe para casa os dois clássicos da Harper Lee e estou a meio de um Leila Slimani. 

Todas as terças-feiras, dia em que lá vou "dar" as minhas horas, encontro livros que fazem parte da minha "lista de livros a ler", de autores estrangeiros e nacionais, quer dos mais antigos, quer dos mais recentes, mas recentes mesmo, acabados de sair, edições fresquinhas e a cheirar a novo.

A biblioteca é frequentada à hora de almoço pelos mais novos, que querem é agarrar-se aos computadores para jogar (mas estão condicionados, claro) e pelos mais velhos que vão fazer trabalhos de casa ou trabalhos de grupo. Nas horas que lá estou, poucos são os miúdos que levam livros para casa.

Já eu, fico a babar-me para cima das estantes. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:44

vocês não sabem da missa a metade

por blogdocaixote, em 03.10.22

Um gemido contínuo, umas vezes mais alto, outras mais baixo, mas incessante, sai daquela cabeça metida nos braços, pousados na secretária: hmmhmhmhm...mhmhhhhmmm......

Os outros queixam-se de que estão fartos de a ouvir, pudera, estão com ela desde as nove da manhã e já são quase duas da tarde.

Eu vou-lhe pedindo que ouça as histórias e as canções, nem me esforço para que pegue no lápis ou na caneta. Quando também eu já estou prestes a rebentar, pergunto-lhe o que é que posso fazer, como é que a posso ajudar. Grita que quer a mamããããããããããã!!!!!!

Eu estou duas horas por semana com ela. Imagine-se o que passa a professora titular....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:27

Olá e adeus!

por blogdocaixote, em 21.09.22

Foi assim que comecei o dia: olá e adeus! Vim para a escola errada! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

Somos dois contratados nesta casa, dois professores contratados. 

Acaba o ano letivo e chega a angústia de não ter certezas nenhumas.

Aos 45 anos de idade, somos, no final do ano letivo, como dois estagiários saídos da faculdade a quem não foi permitido ter um contrato, apesar de termos feito o trabalho todo e cumprido com todas as demandas. 

Em finais de agosto, se tudo correr bem (mais um contrato que dê para as despesas) voltamos a respirar. 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43

notas soltas para memória futura

por blogdocaixote, em 09.04.22

A adolescência dos nossos filhos é um veneno que os pais vão tomando em doses homeopáticas. Eventualmente, eles crescem e deixam de o despejar no café ou nas bebidas e o que houver no sangue é excretado.

Para já, sinto-o nos meus poros todos.

Há umas semanas, voltámos (o grupo de teatro do qual faço parte) aos palcos.

O Marco perguntou-me há quanto tempo eu não me sentia feliz e eu fui capaz, sem sombra de dúvidas, de responder que me senti muito feliz no palco no fim de semana em que regressámos. Tanto, que desisti de desistir do grupo. 

O meu cabelo está cada vez mais branco. Os meus cabelos brancos não me incomodam por serem brancos. Incomoda-me o serem parvos, com uma estrutura completamente diferente dos outros que ainda não embranqueceram. Não são lisos, mas também não são ondulados. Fazem da minha cabeleira uma coisa estranha. O meu cabelo anda a contribuir, em parte, para o meu estado atual de estar um bocado na merda. É absolutamente "redículo", eu sei, um problema de primeiro mundo e de um mundo onde não temos de nos esconder em bunkers para nos safarmos de uma bomba, eu sei. 

Meio sistema de ensino está em pausa letiva mas nós em semestre, o que significa que pausas não são para nós. Pessoalmente, não tenho nada de bom a dizer disto da semestralidade. Nunca estive tão cansada e, provavelmente, tão ranzinza. 

Está esclarecida a minha ausência do caixote, nem eu me aguento. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:17

para memória futura (natal, 2021)

por blogdocaixote, em 09.01.22

Este ano letivo terminámos as aulas a 22 de dezembro (por estarmos em semestres). No dia 23 fomos para o norte. Arrumámos malas e malotes, enchemos o carro e saímos.

Tivemos tempo para ir dar umas prenditas e por volta das seis da tarde já trocávamos os bs pelos vs.

O Natal foi passado na casa da avó paterna, com o costumeiro bacalhau cozido com batatas e o cabrito assado.

No dia 26 fizemos outro natal com os tios e a sobrinha. No dia seguinte, fomos em excursão a Braga, comer aquela que dizem ser a melhor francesinha. 

No dia 29 deixei marido e miúdas e rumei às beiras, com os meus pais. Li muito, dei umas voltas a pé, aqueci os pés à lareira. 

A sobrinha apareceu para passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro. No primeiro dia do novo ano apanhámos o comboio na estação de Belmonte e fomos até à Guarda. Este pedaço de linha, que esteve desativado durante uns anos valentes, voltou ao ativo no verão e vale a pena. 

Em casa, com a sobrinha, não houve tempo para aborrecimento.

As miúdas e o pai juntaram-se a nós no dia 2. Foi um regabofe de brincadeira entre primas.

Passámos a semana de contenção de contactos por lá. Demos um salto à serra.

Entre trabalhos de casa que não tinham sido feitos, jogos e brincadeiras, delas, trabalhos de formação meus, passou-se a semana. 

Amanhã regressamos à escola e, pela sondagem que fiz, está tudo sem vontade. 

Deve ser desta porcaria de momento em que vivemos, cheio de virus e medidas de contenção. 

Vamos esperar que, entretanto, o tempo nos dê algum ânimo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06

O poder da castanha

por blogdocaixote, em 12.11.21

Ontem, algumas castanhas vindas de um dos domicílios de algum querido aluno ou aluna explodiram-me na cara/ máscara, cabelo, óculos, roupa, etc. 

Esta explosão não me impediu de ter um ataque de riso. No entanto, se apanhasse o puto que trouxe as castanhas por golpear era bem capaz de o golpear eu com um belo pontapé no rabo.

À noite, para não deixar passar em branco o São Martinho, estávamos sentados à mesa, às 22.00, que também não quis não ir à minha ginástica. Escrevia eu, eram dez horas da noite e estávamos à mesa. Os adultos acompanhados de um copo de tinto, as miúdas água (sem pé). Foram os momentos altos da semana.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:41

é tão bonita, a avaliação formativa

por blogdocaixote, em 06.11.21

Aproximam-se as avaliações intermédias ou intercalares. Diz que tenho que fazer uma síntese de cada aluno, para conhecimento dos encarregados de educação. 

Eu gostava de ser capaz de dizer aos mesmos o que o seu educando é capaz ou não de fazer, em que é que precisa de ajuda e como é que tenciono ajudá-lo a superar as suas dificuldades. No entanto, eu não faço puto de ideia. Nesta altura do ano, fruto de turmas mistas maradas, há putos cujo nome ainda desconheço. Olho para as caras deles chapadas nas fotografias, mas a figura não me diz nada. Noutros casos, chego à brilhante conclusão de que nunca vi nada feito pela criatura, nunca ouvi a sua voz, sequer. 

O problema é meu, claro. Mas como hei-de conhecer todos e saber do que são capazes ou não, se passo os primeiros 10 minutos à espera que se acalmem, os seguintes 10 minutos à espera que o material esteja pronto. Toma! já se foram 20 minutos de aula. Quando consigo começar a trabalhar, tenho de jogar com dois sets de materiais diferentes, dois quadros, muitas vezes, e alunos que são incapazes de trabalhar autonomamente. Conheço já muito bem estes, os que me solicitam. Os outros, coitados, ficam para a semente ou para a professora titular que está comigo em sala e sem a qual eu estaria ainda mais lixada. 

Posso simplesmente escrever "nem sei quem é o seu educando. Espere mais um mesito, se faz favor. E entretanto, solicite à direção o fim de turmas mistas."

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:38

crazy

por blogdocaixote, em 28.10.21

Só em meados de junho mandei a roupa de inverno para as devidas caixas, só aí me livrei do edredon e das mantas no sofá.

Nestes dias, as minhas gavetas estão ainda cheias de t-shirts e manguinhas cavas.

Quando saio do banho, de manhã,  já não sei que vestir.

Vou usando camadas, começando pelas tais manguinhas cavas e acabando num casaco kimono de malha. Por volta das 10 da manhã tiro o casaco, ao meio-dia a camisa de manga comprida, ficando de bracinho à mostra. Às quatro e pouco volto à camisa e meia-hora depois já tenho o casaco vestido outra vez. 

As miúdas andam roucas e queixosas da garganta há umas três semanas. 

No quadro, nas salas de aula, escrevo the weather is sunny ou cloudy, mas na minha cabeça a descrição que mais se acomoda ao tempo que vivemos é "crazy".

Mais crazy ainda após o chumbo do orçamento e umas supostas legislativas antecipadas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D