Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Senhores e senhoras que fazem os manuais de inglês do 1º ciclo, tenho um pedido a fazer.

Ora escutai-me com atenção, por favor.

Fazer os conteúdos girarem à volta das estações do ano é muito giro, mas depois uma pessoa chega a junho (que em inglês ainda mantém as maiúsculas e fazê-los escrever os meses do ano com elas passa a ser o fim da macacada) e começa a falar de ir à praia (há muita criancinha que nem sequer vai à praia no verão, mas deixemos isso para outra altura) fazer castelos na areia, com pá e balde (há muita criancinha que nem sequer vai à praia no verão, logo não tem pá nem balde, mas deixemos isso para outra altura), começamos a falar de usar calções e saias e vestidos e sandálias e queremos praticar com as criancinhas, mas as criancinhas aparecem-nos (e muito bem, porque está frio, caramba) de casacos de penas, botas, calças e nós não queremos nem podemos voltar atrás nos conteúdos (já demos essa parte).

Vou para as aulas e tenho de falar com eles sobre verão, mas tudo cheira a inverno. Ora pôrra!

Arranjem lá outra forma de organizar os manuais, por favor. Nós agradecemos, os putos agradecem e quem lê este blog agradece também, porque já devem estar fartos de me ler as queixinhas desta merda de tempo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:23

Para quando?

por blogdocaixote, em 05.06.18

 um ministro da educação que não faça birras? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:26

recuso-me

por blogdocaixote, em 14.03.18

"Fizemos teste único, não tive nem ciências nem educação física, não nos avisaram. Podia não ter levado equipamento.... "

"Teste único?"

"Sim, todos os quintos anos fizeram o teste igual, à mesma hora."

 

Passei o último ano do curso e o estágio de forma intensiva a ouvir "o aluno é o centro, temos de nos adaptar ao aluno, temos de chegar ao aluno". Passei esses dois anos a levar com as teorias dos diferentes estilos de aprendizagem, a levar na cabeça todos os dias porque "não chegaste ao aluno, estas fichas não têm exercícios para os aprendentes cinestésicos..." 

E agora, anda esta malta a fazer testes iguais para todos, em nome de umas supostas objetividade e justiça.

Até para as minhas diferentes turmas tenho dificuldade em fazer testes iguais, porque elas são diferentes, têm ritmos diferentes, aprendem de forma diferente, logo a minha abordagem dos mesmos conteúdos é diferente, como é que esta malta consegue fazer testes iguais, iguais? Como? Ninguém protesta? os colegas andam a dormir? 

Recuso-me! Eu sei o que estou a dar aos meus alunos, mais importante: eu sei como estou a dar. Aquele teste que aquele professor fez a pensar na turma dele não serve à minha ou aquele teste feito em modo retalho, com uns exercícos daquele professor e outros exercícios de outro não passa disso, uma manta de retalhos.

Recuso-me. E faz-me urticária que as minhas miúdas andem a ser sujeitas a esta merda desta pedagogia da treta, ainda mais quando a palavra "flexibilização" anda por aí nas bocas de tudo o que é diretor. Parece que andamos sempre a brincar ao ensino, foda-se! 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:40

Telegrama

por blogdocaixote, em 29.09.17

Comecei na quinta a trabalhar stop Colegas simpáticos stop Miúdos ainda não sei stop A Mr já trouxe para casa um trompete stop Parece que estão a torturar vacas lá em casa stop Quando ela está a praticar stop Não posso mandá-la parar stop Porque é educativamente incorreto stop

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:46

Toma!

por blogdocaixote, em 25.09.17

Na sexta-feira de manhã, recebi a carta da segurança social que confirmava que ia receber subsídio de desemprego, na sexta-feira comecei a pensar que precisava mesmo que o M. me fizesse uma lista de tarefas para eu cumprir ao longo de dia e me afastar do computador, na sexta-feira, ao início da tarde comecei a pensar mais ou menos isto:

da última vez que fiquei desempregada, no dia em que me dediquei a destralhar a casa foi o dia em que comecei a receber o subsídio e foi também o dia em que fiquei colocada, na volta, apesar de estar tão em baixo nas listas, fico colocada hoje. Ahaha! pois, ahahah!

 

Na sexta-feira, estamos a falar da mesma sexta-feira, fiquei colocada. Tumbas. São só oito horas, mas significa tempo de serviço e a possibilidade de não me sentir uma ameba fechada em casa, num leva e traz constante das miúdas, entre casa e escola. Toma!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:04

"Há alguém mais gulosa do que eu"

por blogdocaixote, em 12.09.17

Nas vésperas de descermos ao Algarve fui com o M. a Coimbra. Ele foi fotografar uma blogger / doceira para a revista dos produtos Amanhecer.

Gosto de ir com ele, por vários motivos, entre eles conhecer pessoas novas envolvidas em trabalhos interessantes e desta vez não foi exeção. Se calhar, já muita gente ouviu falar na Mafalda Agante, do blog "Há alguém mais gulosa do que eu", mas eu não fazia ideia de quem era.

Chegámos a Coimbra um pouco antes da hora marcada e o M. foi partilhando comigo as ideias que tinha para as fotografias.

A Mafalda chegou uns minutos atrasada, com sacos e caixas, desculpou-se muito, visivelmente aborrecida consigo por nos ter feito esperar, ainda que tenha sido por pouco tempo, e começou a "montar" a sua loja com os bolos que tinha trazido para serem forografados juntamente com a própria. 

A lojinha onde vende os seus doces e outros tradicionais, vindos de vários pontos do país, é pequenina, mas de muito bom gosto, assim como a louça onde os apresenta.

A Mafalda, à nossa frente, foi dispondo os doces que trazia, enquanto o M. ia fotografando tudo o que podia, exeto a doceira. Todas as ideias que o gajo tinha para a fotografar eram postas de lado, a Mafalda não queria ser fotografada. Eu comecei a passar-me um bocado, estava cheia de fome, ver passar diante de mim toda uma série de doces e não os poder comer mais a atitude da rapariga já me estavam a deixar mal disposta. Saí de cena e fui dar uma volta. Lanchei umas cenas saudáveis e regressei à loja. 

O M., falando disto e daquilo, fotografando daqui e dali, já tinha feito grande parte das fotografias que tinha levado na cabeça fazer. Afinal, a Mafalda era apenas uma rapariga que acha que fica mal em todas as fotografias e o fotógrafo foi-lhe dando a volta, conseguindo fotografias giras. 

No final, arrumámos o material e estávamos prontos para sair quando a Mafalda nos perguntou o que queriamos lanchar. Atenção, ela não perguntou se queriamos lanchar. Fez-nos sentar na única mesinha que existe no interior da loja e, com gosto e orgulho, foi-nos dando a provar TODOS os doces que são feitos por ela que nós conseguimos comer. Nunca comi um toucinho do céu tão bom. Ainda me babo quando me lembro da orgia de doçaria que para ali houve.

E, quando achávamos que era tempo de ir embora, começou a pôr em caixas fatias de TODOS os outros doces que não conseguimos comer na loja. 

Que tarde extraordinária. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:24

notas aleatórias

por blogdocaixote, em 20.07.17

fim de ano letivo, listas de graduações onde o nosso nome cai, como um cantor que desceu nas tabelas de audições das rádios nacionais, colocações extraordinárias, nós quase a entrar em férias e naquele mood de merda de todos os finais de ano letivo.

miúdas acabaram bem, Mr entrará no 2º ciclo a tocar trompete, Gr. passa para o 2º ano sem ter ficado com ódio à escola.

 

Já limpámos o teto da sala, já fizemos e desfizemos planos de redecoração (quem é que vai gastar dinheiro em cortinas novas se não sabe como vai estar no futuro muito próximo?)

 

estamos sozinhos e sinto-me bem, sinto-me de férias: vou para a cama quando me apetece, como o que me apetece, vou ao ginásio se me apetece, monopolizo a televisão e o fox comedy, não arrumo brinquedos da casa toda, não ouço mil vezes ao dia "mãããããeeeeee". Sou uma besta, não tenho saudades das minhas filhas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11

queixinhas

por blogdocaixote, em 06.06.17

Vieram "partilhar" connosco os pequenos dramas vividos com o outro colega.

Mentalmente chamo-lhes muitos nomes feios e, ao mesmo tempo, interrogo-me se as "minhas" titulares não estarão, também elas, a fazer "queixinhas" de mim a outro colega qualquer.

Mentalmente (não tenho tomates para o verbalizar), digo-lhes que seria bem melhor dirigirem as queixinhas a quem de direito e, em conjunto com todos os interessados na questão, tentar resolver os pequenos dramas.

Para mim, o grande drama é a ideia de titularidade da qual as "colegas" não se desviam. Titulares até à morte. O resto é erva que o gado come.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:27

random

por blogdocaixote, em 21.04.17

São umas matracas, as minhas filhas, quando as vou buscar ao atl, às sextas-feiras.

Estou cansada de uma tarde a repetir mil vezes as mesmas coisas a miúdos agitados, cheios de açucar, cansados de estar metidos numa sala.

E elas não se calam, tantas são as novidades, tantas as coisas que querem contar, atropelam-se uma à outra, zangam-se e eu só quero um bocadinho de silêncio, um comando que tenha o botão de pausa para eu acionar.

Depois, chegam a casa e metem-se no quarto, a brincar uma com a outra. Dão-me a pausa que secretamente pedi, enquanto debitavam palavras à velocidade da luz, no carro em andamento.

E fico aqui, sentada, a achar estranho. Criaturas estranhas que somos todos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:55

Posso?

por blogdocaixote, em 21.04.17

Regressei ao trabalho na quarta, ontem não dei aulas porque é dia livre. Posso na mesma gritar e cantar É SEXTA-FEIRA? Posso?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:09


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D