Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"Deus lhes pague e dê em dobro"

por blogdocaixote, em 26.10.20

Com as orelhas a ganir, sentada na secretária, bem afastada de todos, perguntei se me "deixavam" estar só um bocadinho sem máscara, enquanto eles faziam os exercícios. Entre os sins ouvi uns cabrõezinhos dizerem não. Lá pus eu a máscara novamente. Cabrõezinhos de merda, alguns miúdos! Venham cá dizer que o melhor do mundo são as crianças. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:01

Relambório sobre a escola e os armazéns

por blogdocaixote, em 18.09.20

"A escola tem de se reinventar." 

"A escola tem de se reinventar." 

"A escola tem de se reinventar." 

Estas semanas que se passaram, de preparação para o início do ano letivo que começou ontem, foi a frase que mais ouvi, enquanto professora, da boca da direção, de coordenadores, enquanto encarregada de educação.

A escola tem de se reinventar é mensagem que vai direta ao ouvido dos professores, que dão as cara pela escola todos os dias à opinião pública. Se os professores não se conseguirem "reinventar" a escola falhou. 

Que grande pôrra! E a sociedade civil, as instituições, as entidades patronais não têm de se reinventar? 

Na reunião com a direção da escola, os pais estavam muito preocupados com as tardes livres e manhãs livres que os filhos passam a ter, exigindo que a escola dê soluções. A escola não é armazém de crianças.

Não passa pelas nossas cabeças que é às entidades patronais que temos de pedir soluções? Que horários rigídos das oito às seis da tarde já não fazem sentido? que a família deve estar primeiro? 

Não é só a escola que tem de mudar. Somos todos nós. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:49

Então, objeção de consciência para os pais que não desejam que os filhos frequentem as aulas de cidadania?

Para quando para as aulas de ciências? é que os pais que acreditam que a Terra é quadrada também têm direito. Os que não acreditam no evolucionismo também.

E os que entendem que a Ilha dos amores constitui um atentado ao pudor e aos bons costumes e não querem que os seus filhos sejam sujeitos a contaminação por via do ensino da literatura?

Tem de haver objeção de consciência para todos. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:16

Da treta

por blogdocaixote, em 26.08.20

Alguém tem de os fazer, os horários da treta. Eu sou uma das profissionais dos horários da treta. 

Mas nem vale queixar-me. A trabalhar e a receber.

Bora lá, ano letivo 20/21. Vamos arrebentar! Ou não.... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46

vigiar

por blogdocaixote, em 17.07.20

A vigilância de um exame é aquele momento em que queres fazer tudo, tudo o que houver para fazer, quanto mais trabalho melhor: escrever no quadro a informação de prova, fazer a chamada, sentá-los, preencher as folhas todas que houver para preencher, assinar tudo (se possível mais do que uma vez), verificar os cabeçalhos 223 vezes, ir entregar as folhas de prova, eu sei lá, quanto mais houver para fazer, melhor.

Mas, depois, vais vigiar com um colega que quer fazer isso tudo, sozinho.... 

Medes a sala em passos, só não medes em palmos porque é chato andar de cócoras, contas os papeis colados com cuspo no teto, lês todas as etiquetas de mobiliário, ficas a ver as moscas... e mesmo assim, os ponteiros não mexem. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:04

Do céu caiu uma estrela

por blogdocaixote, em 22.05.20

Ficava aqui enroladinha como um bicho de conta, a descansar um bocadinho, e ninguém me chateava. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:15

Continuo confinada, continuamos confinados.

As nossas rotinas mantém-se: saímos para ir às compras, ele ao supermercado e eu à frutaria.

As miúdas saem à tardinha, comigo, para espairecer. Não vemos ninguém nem falamos com ninguém pessoalmente.

Há dias em que quero acabar com esta merda toda, estou farta de estar dependente da internet para todos os contactos, sejam pessoais, sejam profissonais.

A economia não pode parar. Continuamos a pagar as nossas contas (porque podemos, felizmente), a comprar aquilo de que necessitamos. Em que é que não gastamos dinheiro agora e antes gastávamos? em gasóleo, gasolina. Não almoçamos/jantamos fora, mas mandamos vir, quando eu estou com vontade de implodir a cozinha.

Nunca fui pessoa de ir com frequência a cabeleireiros/esteticistas nem de comprar roupa, por isso não é por minha causa que esses negócios deixam de trabalhar. 

Mandamos vir coisas de que necessitamos de lojas físicas, na medida do possível...

pagamos uma parte da mensalidade do atl,  (mesmo sem usufruir de ajuda nos trabalhos de escola), outra da ginástica agora que a miúda começou a ter aulas via zoom...

não sei muito bem onde quero chegar com isto, mas é mais ou menos aqui: vamos manter-nos confinados sem problemas de consciência com a "economia parada", porque fazemos a nossa parte, na medida do possível (porque podemos). Injustiças? não tenho problema nenhum em continuar a receber o meu salário por inteiro, devia receber o dobro, se trabalho agora muito mais... 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:24

O que é que já fizeste hoje, Gabs?

por blogdocaixote, em 03.05.20

Terminei dois google forms com som, imagens e vídeos e até lhes meti um cabeçalho todo catita. Até usei a extensão Talk and Comment. Demorei umas horas valentes! pois que comecei ontem e só hoje ficaram como queria.

Editei um vídeo no Edpuzzle e apliquei-lhe um questionário - só demorei umas horitas....

Estou a ficar pró! e com o rabo quadrado também!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:28

Eu podia dizer que não tenho tempo para me coçar, mas era mentira, porque tenho, e uso-o para fazer isso, coçar-me ou ir arrumar as almofadas dos sofás pela milésima vez ou apanhar a roupa que secou e arrumar a cozinha do lanche que daqui a pouco são horas de jantar.

Passo os dias sentada ao computador, com um olho no #estudaemcasa, outro na mais nova e um terceiro que vamos fazer de conta que existe (não o do c*) e vou ver a mais velha que montou a escola no quarto e emerge para brincar um bocadinho ou meter comida na boca. Passo os dias a responder a mails e a ver fotos manhosas de páginas dos manuais (que não pedi, mas já que os pais se disponibilizaram a fazer eu não consigo ignorar), a contabilizar quem está a dar notícias e quem não está, para enviar mais mails para responder depois.

Nos intervalos dos mails tenho ideias para apresentar a matéria aos miúdos em modo à distância, mas depois descubro que não consigo fazê-lo porque não domino as ferramentas necessárias para o fazer. E quando descubro quais são e tento descobrir como usá-las o meu computador entra em modo arrastadeira e não saio do sítio. E o pior é à noite: passo-a toda a "explorar" a dita aplicação, o cérebro não desliga e acordo ainda mais cansada.

Ponto giro destas semanas que foram as primeiras do ensino à distância em modo oficial (porque na verdade estamos assim desde 16 de março): falar com os putos nos meetings desta internet fora. Depois de umas quantas sessões online já dominam netiquette e portam-se muito bem. Ontem quase me vinham as lágrimas aos olhos ao ver uma turma espalhada pelo éran, todos de micros desligados à espera. E quando lhes dei ordem de soltura e eles puderam falar uns com os outros! A loucura.   

E ontem à tardinha, os nossos coordenadores foram aos grupos de trabalho do whatsapp dar uma de relações públicas, foram agradecer o empenho e blá blá blá de todos, desejando um bom fim de semana de descanso, que é merecido. Descanso? onde? Se às oito da manhã já eu estou na cozinha a pensar no trabalho que ainda me falta fazer para pôr a próxima semana de aulas a andar?

Se passei a noite toda a explorar o flipgrid a a tentar fazer screencasting com o sreencastify? 

(não sabem o que é? estudassem!)

Hoje é 25 de Abril. Daqui a pouco ponho a Grândola a tocar, choro mais um bocadinho e logo à tarde furo o confinamento para ir dar uma volta com duas pessoas que não são do meu agregado familiar. Não hei-de apanhar covid e os putos hão-de agradecer não ter trabalho de inglês, se for caso disso. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:36

terceiro período

por blogdocaixote, em 14.04.20

Começou hoje o terceiro período.

Hoje fui encarregada de educação 80% do tempo.

Suspeito que, entretanto, terei de escolher se sou professora dos meus alunos ou encarregada de educação das minhas filhas, porque posso fazê-lo.

Não sei que fará quem não tem esta opção. 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D